quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Mudanças

Aproxima-se uma semana de mudanças, mudança de local de trabalho, mesma empresa, outra obra, e mudanças de tipo de trabalho, de chefe e de colegas.
Os colegas que irei ter de certeza que serão óptimos. Não é isso que me custa.
O que me custa é os colegas que vou deixar em Lisboa, continuaremos a vermo-nos, eu só vou mudar de local de trabalho, mas já não vai ser o convívio diário.
Vou ter muitas saudades vossas e do bom ambiente que criámos nesta obra, vocês são inesquecíveis.
Peço por favor é que não mefaçam chorar, não pensem em almoços ou jantares de "despedida", eu só vou para outro local, mais nada.
Eu explico, não que eu não goste dessas coisas, mas é quando é dos outros, eu detesto mostrar os meus sentimentos, é mais fácil escrevê-los. Não quero acabar o dia a chorar.

Adoro-vos, obrigada por todo o apoio que me deram e que darão. Obrigada por tudo aquilo que me ensinaram e que ainda me vão ensinar.

Obrigada por existirem.

3 comentários:

Tocha disse...

Começamos por chegar desconfiados, com receio do que virá com as nova fase. Tudo é novo, tudo é estranho. mas a partir do momento que começamos a deixar que nos surpreendam e que apesar de colegas de trabalho se tornem também amigos a coisa torna-se muito diferente.
Este tipo de trabalhos é ingrato por causa disto não é? Ainda hoje falávamos disto ao pequeno almoço..Começamos a confiar, a ganhar afecto e derepente estas pessoas todas que eram simples estranhos tornam-se nossos amigos e quando vamos a dar por eles já estamos a confidenciar qualquer coisa.
Só que depois temos que ir embora, e a coisa custa..Continuamos sempre a vir visitar mas a mudança custa..Tenho pena de te ver a ir embora, e olha eu que só cá ando há dois dias..
Eu também vou voltar sozinha para o buraco mas sempre que souber que andas por cá, venho cá almoçar podes ter a certeza..
Vou querer continuar a ver-vos...Já começo a sentir um pedaçinho de saudade...
Mas pronto, a muito custo ainda te ajudo a arrumar as coisas, mas é só para adiantar serviço, para depois vires rir connosco..
Agora vai trabalhar, que tás a fazer a ler isto nas horas de trabalho? Vá trabalhar Sra. Engª. ahahaahahahahaahahaha

Mami disse...

Vamos pensar no teu caso, de não fazer almoçarada.
Olha, na Segunda-feira fazemos já a almoçarada do aniversário da Clara e também a minha, ah pois é..., que eu vou tentar fazer um bolo, pois como vou ver o Benfica, não sei a que horas chego no Domingo.
E vamos ao Alentejo um dia, qui ça
beijitos

Iolanda disse...

Olhe, sua Bicharoca Eléctrica,

Primeiro, é óbvio que vai ter colegas porreiros! É óbvio que não vão ser tão bons como nós, claro! Uma equipa como a nossa acontece 1 vez na vida! Eu não te vou por a chorar, porque eu própria devo conseguir quebrar o meu tabu em relação às emoções húmidas. Neste momento tenho que voltar para a Sociedade Anónima e não consigo. Não consigo porque sei que 2.ª feira já não vai ser a mesma coisa. E queria mesmo, mesmo aproveitar este momento ao máximo! Esticá-lo até ao infinito! Há situações que não são mesmo justas de todo. Mas o positivo da coisa foi ter-te conhecido, foi ter-te como amiga e isso são coisas que para mim não acontecem todos os dias! Adoro-te miuda! Vou ter resmas de saudades tuas! E já estou a ficar com aquela gosma na garganta, que me provoca aquelas dores que eu não sei explicar. Vou ter resmas de saudades das tuas gargalhadas contagiantes! Vou ter saudades das piadas secas que connosco parecem oceanos de riso. Vou ter saudades da Tufa e do Fatisca...enfim, não vai ser o mesmo! Por isso, na próxima oportunidade é empadão no meu cúbiculo, com a Tocha, com a Mami, com a Clara e com quem tu quiseres mais!
Pronto, vou-me "despedir" agora...com uma aperto do tamanho do mundo e com vontade de mandar a Sociedade Anónima às urtigas! E fica sabendo que isto é o início de uma nova série, com muito sucesso! E vai ter uma audiência brutal! Podemos ter telefones e essas coisas todas e temos também estes maravilhosos pedaços da nossa alma que são os blogs! Afinal já mandei a SA às urtigas! Hoje é para estender isto até ao infinito!!! Vais ver! Até já!